7 de março 2022

Por: Fundação Telefônica Vivo *    Fonte: Fundação Telefônica Vivo

Débora Garofalo
Débora foi a primeira brasileira e a primeira sul-americana a chegar entre os top 10 do Global Teacher Prize, considerado o prêmio Nobel da Educação, em 2019. Como professora de Tecnologias, idealizou o trabalho que une robótica com sucata, reconhecido internacionalmente. Por consequência, o projeto se tornou uma política pública do Estado de São Paulo.

“O trabalho nasceu da vontade de transformar a vida de jovens e crianças da periferia da zona sul e de usar a tecnologia não como um fim, mas como uma propulsora de aprendizagem. E trouxe muitos ganhos”, garante a professora.

Atualmente, está como Coordenadora do Centro de Inovação da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Assim sendo, na secretaria implantou o componente de Tecnologia de Inovação, dentro do Programa Inova, e criou uma tríade de inovação que incorpora as aulas de Tecnologia e Inovação. Além disso, Débora colaborou para a implementação do Centro de Mídias de São Paulo.

Quer

saber mais?

Clique ao lado e me diga como posso lhe ajudar!

Clique ao abaixo e me diga como posso lhe ajudar!

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial