27 de dezembro 2021

Por: Somos Educação *    Fonte: Somos Educação

Em entrevista à revista SOMOS Conexão, a professora Débora Garofalo falou sobre os benefícios do ensino híbrido, os desafios e oportunidades dos professores e alunos com o retorno às aulas no pós-pandemia, a importância da formação do professor em tecnologias digitais e a implantação das metodologias ativas, além da inovação dentro da sala de aula para trabalhar habilidades essenciais, como autonomia, pensamento crítico e inovação.

Garofalo é vencedora de grandes prêmios, entre eles o Professores do Brasil de 2018 e o Desafio de Aprendizagem Criativa do MIT de 2019. Considerada uma das dez melhores professoras do mundo pelo Global Teacher Prize 2019, considerado o Nobel da Educação, ela é graduada em Letras e em Pedagogia, com especialização em Língua Portuguesa pela Unicamp, e mestra em Linguística pela PUC-SP e FabLearn Fellow, Columbia, EUA. Professora há 16 anos na rede pública de São Paulo, atua na Educação Infantil, nos ensinos Fundamental e Médio, na educação para jovens e adultos e em salas multidisciplinares. Como professora de tecnologias, idealizou o trabalho de Robótica comSucata, que ficou conhecido nacional e internacionalmente e hoje é uma política pública do estado de São Paulo.

Atualmente, Débora Garofalo é coordenadora do Centro de Inovação da Educação Básica de São Paulo (Seduc-SP), implementando uma tríade de inovação por meio do Programa Inova Educação, Movimento Inova e do Centro de Inovação com democratização de acesso à tecnologia e à inovação.

Quer

saber mais?

Clique ao lado e me diga como posso lhe ajudar!

Clique ao abaixo e me diga como posso lhe ajudar!

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial